Mande a um amigo

FLÔR




Flôr minha!

Tão doce, tão amarga.
Flôr do meu coração
Tanta Dor...Ilusão!

Soube que vieste
Ao Mundo procurar
O Amor negado,
Vieste para Sonhar
Aquele por Ti amado.

Flôr do meu contento
Só Tu podes
Dar-me o alimento
Quando meu Coração chora
E a Alegria demora.

Sonhei dar-Te a Lua
Pois especial Tu és
Procurei somente ser tua
E me jorrei a teus pés.

Flôr do meu jardim,
Sei que vies-Te
somente para mim
E eu Te abracei
Porque outra nunca houve,
Porque outra nunca
....Assim Amei!

Author: Peter Lee Dolphein
Braga/Portugal-----02/04/2011


Autor ©: Peterleedolph , Braga 02/04/2011

http://www.peterleedolph.com

Author = Peterleedolph, Title = Find me, Date = 1-1-2001
Last Modified: April, 17th 2011 Contact me Terms of Use & Privacy Go to top