Mande a um amigo

FRAULEIN BELUGA




Ela não me deixa dormir,
Ela possui-me
E faz um extasiado deste pobre E
sofredor Homem do Mar.

Todos os dias grita comigo
Com aquele olhar meigo.
Conquista-me e põe-me de quatro.
Quando quero dizer que não mas imploro que sim.

Nunca esperei isto de uma Mulher.
Não desta maneira,
Mesmo quando como
Quando durmo
Ou quando fujo de mim.

E fujo para não aceitar
Que é duro ser humilde
Quando se é do Mar
Quando se Ama
E quando percebemos que
Já tudo estava escrito.
Quando sei que há um Golfinho
Que perdeu o coração e deu a Alma
A uma Mulher como tu
BELUGA.


Autor ©: Peterleedolph , Braga 27/11/2007

http://www.peterleedolph.com

Last Modified: June, 27th 2010 Contact me Terms of Use & Privacy Go to top