Mande a um amigo

GATO PRETO




GATO PRETO!


Passei ontem à Noite
No Bairro Duarte Pacheco
E vi aquele Gato Preto.

Não era um Gato com Sorte.
Não tinha Descontos para a Segurança Social
E Trabalhava nas obras de manhã ao Anoitecer.
Não tinha Mulher que o esperasse ao Fim do Dia.

Não era um Gato Feliz,
Abraçava a Noite Negra
Com o seu Pêlo Escanzelado
Para Comer dos Caixotes do Lixo.

Não era um Gato Sortudo
Nem Azarado sequer,
Pois no Fim do Mês,
Nem Água nem Luz tinha para Pagar.
O Velho contentor em Lamaçães Servia.

Estava Ferido e Humilhado,
Comia do Lixo
E Parecia Alcoolizado.
Era sem Dúvida um Gato Qualquer.

Os Rapazes da Escola atiram-lhe pedras à tarde,
E os Cães ladram-lhe pela Noite,
Quando Passa pelo Bairro.

Aquele Gato teve Azar,
Era Apenas um Gato Preto.

Quantos Gatos Pretos já eu vi,
Andando por aí...!

Author: Peter Lee Dolphein
Braga/Portugal....07/01/2005
No Facebook....Pedro Peter Lee Dolphein.


Autor ©: Peterleedolph , Braga 07/01/2005

http://www.peterleedolph.com

Last Modified: July, 31st 2019 Contact me Terms of Use & Privacy Go to top