Mande a um amigo

Outono Outra Vez




Outono

Começa a Chuva,
Vem o Vento já esfriado,
Minha Alma se turva.
Sobre mim chega já
Calor desmaiado.

E depois?

Essas folhas que caiem
Para onde vão?
Nem eu nem elas o sabem
Guardadas em meu coração
Lembranças de ti estão...
Do Inverno
As portas se abrem.

E depois?

Vem o Natal brilhando
Vem o Tempo de Luz
Onde as crianças brincando
Relembram a Jesus,
Onde dar mais um pouco,
Onde tudo comprar
Faz de mim um Louco
Entontecido por Amar
E querer tambem Dar.

E depois?

Depois é abraçar
Em Primavera florida,
Em Verão a começar,
Em Vida a girar...
Porque o Outono
Pode ser apenas
Um começo
Um Início
De tudo o que desejamos fazer
E não queremos Ver.
Porque Amar
É ir e voltar
Com coragem
Para sofrer
Nossa Dor e a de outrem
No querer Dar desejando Amar
Fazer o que
Pode ser feito
Pois a Roda não para
E o Calor
Está dentro do peito,
Esse Calor
A que chamamos Amor!...


Autor ©: Peterleedolph , Braga 31/10/2010

Publicado No Jornal "Tribuna Pacense" em 12/11/2010

http://www.peterleedolph.com

Author = Peterleedolph, Title = A FLÔRE DE DANE, Date = 7-5-2003
Last Modified: November, 13th 2010 Contact me Terms of Use & Privacy Go to top